Estado anuncia segunda etapa de testes para o novo Coronavírus nas escolas do Subúrbio Ferroviário de Salvador

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) anunciou, nesta sexta-feira (4), as datas da segunda etapa da testagens para o novo Coronavírus nas escolas estaduais do Subúrbio Ferroviário de Salvador. Com a inclusão de mais 16 escolas, a iniciativa visa atender, até o dia 24 de setembro, a mais de 30 mil pessoas, sendo 28.535 estudantes, 1.175 professores e 550 funcionários em todas as 28 escolas estaduais localizadas na região. A programação da primeira fase foi modificada para a ampliação do atendimento.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância da iniciativa. “Nosso objetivo é atender toda a comunidade escolar do Subúrbio ainda neste mês de setembro, mas isto não significa o retorno das aulas presenciais, pois a data ainda não está definida. Queremos ter este diagnóstico da rede e manter o compromisso de cuidar e zelar pela vida dos nossos estudantes, professores e servidores”, afirmou.

O coordenador de Articulação de Projetos para a Educação da SEC, Helder Amorim, explicou a alteração do calendário da primeira etapa de testagens. “A previsão inicial era de conclusão desta fase no dia 23 de setembro, mas a programação foi refeita para o encerramento no dia 12 de setembro, para que possamos ampliar o atendimento para as 28 unidades de ensino localizadas no Subúrbio”, enfatizou, ao acrescentar que os resultados são analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN).

Neste quinto dia de testagens, a comunidade escolar do Colégio da Polícia Militar, do Lobato, compareceu para participar da aplicação dos testes na própria unidade escolar. A estudante Leonarda Alves, 17, do 3º ano do Ensino Médio, falou sobre a  iniciativa. “É uma grande chance para a comunidade escolar do Subúrbio realizar o teste sem qualquer custo, sendo que o valor que é cobrado pelo exame é caro. Além disso, é uma forma de avaliar a situação de contágio nas pessoas que frequentam a escola”, disse.

Segundo Daniela Bispo, mãe da estudante Leonarda Alves, a testagem dá uma segurança maior para quem frequenta o CPM. “Esta ação é bastante interessante e necessária para que se tenha um controle sobre a doença e possa ser planejado como podemos voltar às aulas”, comentou.

Para a estudante Stefane Geovana, 15, do 1º ano do Ensino Médio, a aplicação dos testes pode ser o primeiro passo para o retorno às aulas. “É extremamente importante que a escola esteja oferecendo estas testagens, porque nos mostra que há um empenho em analisar uma volta presencial à escola. Espero que possamos estar todos juntos o mais breve possível”.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

Como está acontecendo a testagem

A testagem acontece de forma centralizada nas escolas denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha, Alto da Terezinha, São Tomé de Paripe, Paripe, Coutos, Fazenda Coutos, Alto de Coutos, Periperi, Mirantes de Periperi e Vista Alegre de Coutos. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários e evitar aglomeração.

Veja o calendário para as próximas testagens

– No dia 8 de setembro será realizada a testagem da comunidade escolar do Colégio Estadual Bertholdo Cirilo, na escola-polo de São João do Cabrito que é o Colégio Estadual Aristides de Souza, no bairro de Plataforma. O Aristides de Souza sediará a testagem da própria comunidade escolar, no dia 9 de setembro, e também receberá, na mesma data, a comunidade escolar do Colégio Estadual de Plataforma.

– No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 9 de setembro.

– O Colégio Estadual Clériston Andrade será polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma e testará no dia 10 a sua própria comunidade escolar; e no dia 11 de setembro, as comunidades escolares do Colégio Estadual Josias de Almeida Melo do Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza.

Novas datas – segunda etapa

– O Colégio Estadual Marcílio Dias será escola-polo do bairro de São Tomé de Paripe, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 11 de setembro, e na mesma data, a comunidade escolar do Colégio Estadual João Caribé.

– Nos dias 14 e 15 de setembro, o Colégio Estadual Almirante Barroso, polo no bairro de Paripe, atenderá sua própria comunidade escolar e, também, no dia 15, receberá a comunidade do Colégio Estadual Edson Tenório.

  – Também escola-polo em Paripe, o Colégio Estadual Barros Barreto atenderá, no dia 16 de setembro, as comunidades escolares do Colégio Estadual Sete de Setembro e do Colégio Estadual Maria Odete Pithon Raynal. E no dia 17, receberá a sua própria comunidade escolar.

– Nos bairros de Coutos e Fazenda Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Anfrisia Santiago receberá, no dia 17, a sua própria comunidade escolar. E no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Carlos Barros.

– O Colégio Estadual Ana Cristina Mata Pires, escola-polo do bairro Alto de Coutos, receberá sua própria unidade escolar no dia 18 de setembro.

– Em Periperi, as escolas receberão suas próprias comunidades escolares. No Colégio Estadual Praia Grande, a testagem será no dia 21 de setembro; no dia 22, no Colégio Estadual Nelson Mandela; já no dia 23 acontece a testagem no Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima. Já no Colégio Estadual Lindembergue Cardoso os testes serão no dia 24 de setembro.

– O Colégio Estadual Maria Anita, escola-polo do bairro Mirantes de Periperi, receberá sua própria comunidade escolar no dia 23 de setembro.

– Em Vista Alegre de Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Monteiro Lobato, receberá, no dia 24 de setembro, sua própria comunidade escolar.

Mais de 2 mil respiradores mecânicos já foram reparados no país a partir de uma iniciativa da Bahia

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) coordenou o reparo de 2.023 respiradores mecânicos em todo o Brasil. Esta ação foi iniciada na Bahia, pelo Senai Cimatec, em parceria com o Governo do Estado, e replicada em outros estados e países. A Bahia também lidera o ranking nacional, com 287 equipamentos consertados e devolvidos gratuitamente para a rede hospitalar até esta quarta-feira (12).

A estimativa é que cada equipamento possa salvar até dez vidas durante seu prazo de utilização. “Esta ação de recuperação de respiradores mecânicos vem dando uma contribuição muito importante para o combate ao coronavírus na Bahia, ao tempo em que evidencia a capacidade técnica do Senai Cimatec, inclusive na capacitação de profissionais dos outros pontos de manutenção”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

“Diversas indústrias, principalmente do setor automotivo, aderiram a esta iniciativa que nasceu aqui no nosso Senai Cimatec, disponibilizando equipes e infraestrutura para a realização das manutenções em diversos estados do País. O Senai Cimatec capacitou todos 39 pontos de manutenção de respiradores mecânicos no Brasil, envolvendo mais de 700 pessoas. Além da capacitação nacional, estamos contribuindo para equipes formadas em outros países da América Latina e África”, destaca o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, Ricardo Alban.

“Estamos vivendo um ponto de inflexão na história da humanidade e vamos extrair muitas lições. O Senai se sente muito honrado da parceria construída nesta iniciativa, exemplo de ação cidadã que mobiliza indivíduos, empresas e organizações em prol do bem comum, da afirmação de um projeto de país que nasce no valor à vida”, afirma o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi.

A rede voluntária formada para esta ação em todo o país é formada pelo Senai e os seguintes parceiros: ArcelorMittal, BMW Group, Estúdios Globo, Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Ford, General Motors, Honda, Hyundai, Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Instituto Votorantim, Mercedes-Benz do Brasil, Moto Honda, Petrobras, Poli-USP, Jaguar Land Rover, Renault, Scania, Toyota, Troller, Usiminas, Vale, Volkswagen do Brasi e Volvo do Brasil, com o apoio do Ministério da Saúde, do Ministério da Economia, do Ministério da Defesa, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABEClin).

Além do SENAI, investiram mais de R$ 4 milhões em aquisição de peças para viabilizar o reparo dos equipamentos a Petrobras, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Votorantim e a aliança Todos pela Saúde, que conta com recursos do banco Itaú, entre outros doadores.

Luciano Huck vende participação na rede Madero, diz coluna

O apresentador e empresário Luciano Huck se desfez de sua participação na rede de restaurantes Madero. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

De acordo com a publicação, ele vendeu-a para o sócio majoritário, Junior Durski. O nome de Huck vem sendo cotado para disputar a Presidência da República em 2022.

Técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo testa positivo para coronavírus

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, confirmou nas redes sociais o diagnóstico positivo para coronavírus.

Em um vídeo publicado no sábado, o ex-jogador revelou que o resultado do teste saiu na sexta-feira (3).

O técnico foi afastado das atividades na Academia de Futebol pelo departamento médico do Palmeiras, assim que recebeu o diagnóstico. Por ter 68 anos, Luxemburgo pertence ao grupo de risco da doença.

Na gravação, Vanderlei afirma que é assintomático e não sente nenhum tipo de dor no momento. Em um comunicado divulgado pela assessoria pessoal, o técnico, afirma que está bem e permanecerá em casa até que esteja curado.

Brasil tem 17 estudos para testar medicamentos no combate ao coronavírus

Há no país, atualmente, 17 estudos, autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para testar a eficácia de medicamentos no combate ao coronavírus. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Segundo a publicação, são remédios que já estão disponíveis no mercado, normalmente usados no tratamento de outras enfermidades, como artrite, malária e presença de vermes. Três deles contêm a polêmica hidroxicloroquina.

Feira de Santana: PP deve indicar empresário Roque Eudes como vice de Zé Neto

O PP, presidido no estado pelo vice-governador João Leão, deve indicar o empresário Roque Eudes, dono do Atacadão São Roque e atual presidente da Associação de Distribuidores da Bahia, como pré-candidato a vice-prefeito de Feira de Santana na chapa encabeçada pelo deputado federal Zé Neto (PT).

Em live promovida pelo site de notícias nesta semana o deputado federal Cacá Leão (PP) confirmou que o partido deve mesmo ter a vice na chapa do petista, mas preferiu não confirmar o nome do postulante.

“Prefiro não dizer os nomes das pessoas que estamos conversando para não atrapalhar. O que posso dizer é que estamos conversando e a tendência é essa, vamos apoiar a candidatura de Zé Neto”, disse o parlamentar.

Bahia registra 1.563 casos novos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.563 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,8%), 57 óbitos (+2,8%) e 1.489 curados (+2,6%). Dos 87.048 casos confirmados desde o início da pandemia, 58.649 já são considerados curados, 26.292 encontram-se ativos e 2.107 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 392 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.154,12), Itajuípe (2.132,64), Ipiaú (1.754,84), Uruçuca (1.501,05) e Itabuna (1.422,45).

O boletim epidemiológico contabiliza 87.048 casos confirmados, 181.455 casos descartados e 87.346 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (5).

Na Bahia, 9.839 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.283 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.467 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 64%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 913 leitos exclusivos para o coronavírus, 725 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Hospital Regional de Juazeiro passa a contar com Túnel de Desinfecção

O Governo do Estado implantou, nesta sexta-feira (03), um Túnel de Desinfecção do Senai Cimatec no Hospital Regional de Juazeiro. Com este, 32 unidades de Saúde em toda a Bahia passam a contar com o equipamento, para uso exclusivo de profissionais paramentados com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). O Hospital dedica 10 leitos de UTI e 29 clínicos aos cuidados de pacientes com diagnóstico de Coronavírus.

Este é o segundo túnel implantado no município, cuja Unidade de Pronto Atendimento (UPA) já conta com o equipamento. “Estes túneis levam mais segurança para os profissionais que estão atuando na linha de frente, em contato direto com pacientes da Covid-19. Ao passar pelo equipamento, estes profissionais podem se desparamentar dos seus EPIs ao final do plantão e voltar para suas casas com mais tranquilidade”, ressalta o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Os túneis foram desenvolvidos sob a supervisão do infectologista Roberto Badaró, pesquisador chefe do Instituto de Tecnologia da Saúde do Senai Cimatec. O desinfetante utilizado (hipoclorito) já é amplamente recomendado e utilizado, por décadas, para uso na desinfecção de superfícies de ambientes hospitalares e domiciliares, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e órgãos internacionais de saúde, inclusive com eficácia comprovada para o novo Coronavírus.

Além deste hospital, os equipamentos também foram implantados no Instituto Couto Maia, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vale dos Barris, UPA de Ipiaú, UPA de Porto Seguro, UPA de Itaberaba, UPA de Juazeiro, hospitais Santo Antônio (Obras Sociais Irmã Dulce), Espanhol, Subúrbio, Ernesto Simões Filho, Martagão Gesteira, Santa Clara e o hospital de campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, além do Costa do Cacau, em Ilhéus, Calixto Midlej Filho e de Base, em Itabuna, São Vicente e Prado Valadares, em Jequié, Riverside, em Lauro de Freitas, das Clínicas de Conquista e Geral de Vitória da Conquista, Geral de Itaparica, da Chapada (Seabra), Dantas Bião (Alagoinhas), Geral Clériston Andrade (Feira de Santana), Regional de Santo Antônio de Jesus, Amec (Camacã), Geral do Oeste (Barreiras), São Pedro (Remanso) e Regional Mário Dourado Sobrinho (Irecê), além  do hospital de campanha de Teixeira de Freitas.