Governo paga nova parcela do vale-alimentação estudantil, em meio a déficit de R$ 1,8 bilhões