Prefeitura de Feira de Santana decide ampliar leitos do Hospital de Campanha

Com o esgotamento das vagas nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais públicos e privados de Feira de Santana, a prefeitura do município, a 108 quilômetros de Salvador, decidiu ampliar a quantidade de leitos do Hospital de Campanha, para 6 ou 10 novas vagas. De acordo com o prefeito Colbert Martins Filho, a decisão foi tomada no final da semana passada e nesta semana assinará o contrato para a ampliação.

“Será um aumento de 60% a 100%, uma adaptação local no próprio Hospital de Campanha. Não gosto de fazer previsões, mas daqui a pouco estaremos com nosso pessoal da procuradoria porque estamos fazendo um aditivo para que sejam implantados estes novos leitos. No entanto é indispensável que o novo Clériston Andrade tenha os novos leitos de UTI”, declarou.

A prefeitura de Feira afirma que contava em sua programação de enfrentamento ao novo coronavírus, com os 40 leitos de UTIs do novo Hospital Clériston Andrade, e diante do adiamento da inauguração, ao mesmo tempo em que o município entra no pico da pandemia, se faz necessário esse aumento de leitos no Hospital de Campanha.